Portugal

Apesar do seu pequeno território, Portugal possui um clima ameno, com cerca de 3000h de sol por ano, que nos doura a pele e nos aquece a alma; 850km de costa Atlântica com praias de areia sem fim, onde as ondas se desfazem lentamente; um povo hospitaleiro que faz deste um destino perfeito para todas as estações do ano; e a poucas horas de qualquer capital europeia.

Quem nos visita sente o prazer da descoberta, seja ela cultural, paisagística ou gastronómica, pois há muito por onde explorar!

Com  montanhas imponentes, vastas planícies, praias de areais branca, o país tem de tudo um pouco. E há ainda as ilhas da Madeira e dos Açores, oásis de calma e tranquilidade em pleno Atlântico, com vegetação luxuriante, vulcões extintos e grutas repletas de esculturas naturais.

Quem procura elevadas doses de adrenalina, encontra em Portugal grandes desafios. Para o surf, encontra ondas perfeitas, para o windsurf, kit surf, vela e parapente encontra ventos de feição para levar as emoções ao rubro, sem esquecer o esqui aquático ou o parasailing que proporcionam sensações surpreendentes.

Nos nossos rios gostamos de praticar rafting, canyoning e canoagem, e de encontrar as suas nascentes nas profundezas da terra, descobrindo grutas inexploradas em atividades de espeleologia.

Para apreciar todo o encanto da Natureza podemos propor também passeios a pé, BTT ou a cavalo, sentindo o cheiro das flores silvestres num belo dia de sol, ou o montanhismo e a escalada em que, para além das vistas deslumbrantes, atingir os cumes mais altos tem como prémio apreciar os ninhos e o voo das aves de rapina. E ainda há passeios de barco para observar golfinhos e baleias, imagens que não se esquecem.

Ideias e sugestões são muitas para as mais diversas paisagens e tendo o bom tempo como o melhor aliado... Até podemos dizer que em Portugal a Natureza é a melhor companheira das aventuras!

Um pouco mais...

Portugal, oficialmente República Portuguesa,é um país soberano unitário localizado no Sudoeste da Europa, cujo território se situa na zona ocidental da Península Ibérica e em arquipélagos no Atlântico Norte. O território português tem uma área total de 92 090 km², sendo delimitado a norte e leste por Espanha e a sul e oeste pelo oceano Atlântico, compreendendo uma parte continental e duas regiões autónomas: os arquipélagos dos Açores e da Madeira. Portugal é a nação mais a ocidente do continente europeu. O nome do país provém da sua segunda maior cidade, Porto, cujo nome latino-celta era Portus Cale.

O território dentro das fronteiras atuais da República Portuguesa tem sido continuamente povoado desde os tempos pré-históricos: ocupado por celtas, como os galaicos e os lusitanos, foi integrado na República Romana e mais tarde colonizado por povos germânicos, como os suevos e os visigodos. No século VIII as terras foram conquistadas pelos mouros. Durante a Reconquista cristã foi formado o Condado Portucalense, primeiro como parte do Reino da Galiza e depois integrado no Reino de Leão. Com o estabelecimento do Reino de Portugal em 1139, cuja independência foi reconhecida em 1143. Em 1297 foram definidas as fronteiras no tratado de Alcanizes, tornando Portugal no mais antigo Estado-nação da Europa.13 14 Nos séculos XV e XVI, como resultado de pioneirismo na Era dos Descobrimentos (ver: descobrimentos portugueses), Portugal expandiu a influência ocidental e estabeleceu um império que incluía possessões na África, Ásia, Oceânia e América do Sul, tornando-se a potência económica, política e militar mais importante de todo o mundo. O Império Português foi o primeiro império global da história15 e também o mais duradouro dos impérios coloniais europeus, abrangendo quase 600 anos de existência, desde a conquista de Ceuta em 1415,16 até à transferência de soberania de Macau para a China em 1999. No entanto, a importância internacional do país foi bastante reduzida durante o século XIX, especialmente após a independência do Brasil, a sua maior colónia.

Com a Revolução de 1910, a monarquia terminou, tendo desde 1139 até 1910, 34 monarcas. A Primeira República Portuguesa foi muito instável, devido ao elevado parlamentarismo. O regime deu lugar à ditadura militar graças a um levantamento em 28 de Maio de 1926. Em 1933, um novo regime autoritário, o Estado Novo, presidido por Salazar até 1968, geriu o país até 25 de Abril de 1974. A democracia representativa foi instaurada após a Revolução dos Cravos, em 1974, que terminou a Guerra Colonial Portuguesa. As províncias ultramarinas de Portugal tornaram-se independentes, sendo as mais proeminentes Angola e Moçambique.

Portugal é um país desenvolvido, com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) considerado como muito elevado. O país foi classificado na 19.ª posição em qualidade de vida (em 2005),tem um dos melhores sistemas de saúde do planeta e é também uma das nações mais globalizadas e pacíficas do mundo. É membro da Organização das Nações Unidas (ONU), da União Europeia (incluindo a Zona Euro e o Espaço Schengen), da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO), da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) e da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Portugal também participa em diversas missões de manutenção de paz das Nações Unidas.

 

https://www.visitportugal.com/pt-pt

http://www.portoenorte.pt/

http://visitportoandnorth.travel/